Tag Archives: viagem

Diário de Au Pair: I GOT MY VISA!

17 jul

como-tirar-o-passaporte-e-o-vistoQuem acompanha o blog e/ou o Instagram (@papodemulherzinhas) sabe que estou numa contagem regressiva até o dia do meu embarque para os Estados Unidos. Bem, mas antes disso eu estava super preocupada sobre meu visto, se eu iria conseguir, como seria a entrevista no consulado, se seria negado, etc…

Então criei coragem, fui lá no consulado de Recife e resolvi contar para vocês mais ou menos como foi todo esse processo. Todo visto americano que não seja imigrante é necessário tirar o DS-160. Visto não imigrante é visto de estudo, o J1 (trabalho) e de turismo.

Antes de mais nada é necessário preencher o formulário do DS no site oficial do Consulado Americano: http://www.ceac.state.gov/genniv. As perguntas estão em inglês, mas caso você não consiga compreender dá um google rapidinho.

Ao completar cada página, salve o que já tiver sido feito e guarde o número do Application ID para entrar novamente no formulário. As vezes o site expira e você precisará entrar novamente. No fim do processo imprima a página de confirmação.

Depois de preencher o DS e já com o seu número do Application impressos e em maos, você precisará agendar uma entrevista no CASV e no Consulado mais próximo de você. Para agendar, você deve se cadastrar no site http://www.usvisa-info.com/pt-br/selfservice/ss_country_welcome e seguir o passo a passo com bastante atenção.

Para completar o agendamento, você precisará fazer o pagamento de $160 (quando eu fiz o dólar estava bem alto e eu paguei mais ou menos R$560) dá para pagar no cartão ou via boleto.

Marcada as datas, fui no CASV primeiro, levei comigo meu passaporte, a página de confirmação do agendamento, o DS e a taxa Sevis paga, (esse último documento a agencia que nos envia). Tirei minha fotinha, fiz o cadastro das digitais e já estava liberada.

No dia da entrevista do Consulado Americano em Recife tentei chegar mais cedo do horário marcado, caso houvesse transito ou algum outro imprevisto, fui a primeira do dia e já bateu a incerteza de como estaria o humor do consul ou se ele simplesmente iria negar.  Entrei no prédio, passei por vistoria e detector de metais, entreguei todos os documentos, assinei a Sevis e fui para a fila para ser entrevistada.

Ao ser chamada pelo consul eu já fui logo sorrindo e sendo simpática, mostrando que eu não estava nervosa, mas por dentro eu estava quase em desespero, mantive a calma e respondi tudo o que ele perguntou:

Em português
Consul: “Bom dia, documentos por favor.”
Eu: “Bom dia, aqui.”
enquanto ele checava e digitava foi me entrevistando
C: “O que você vai fazer nos Estados Unidos?”
E: “Eu estou indo para ser au pair.”
C: “Oh, então você fala inglês?”
E: “Falo sim.”
Em inglês
C: “Where are you going to?”
E: “I’m going to live in Palm City, Florida”
C: “I’m sure its beautiful place. So, if you are going to be an au pair, will you take care of kids, right? How many kids will you take care?”
E: I’ll take care of kids, the girl is almost 3 years old and the baby isnt born yet.” (Eu contei com mais detalhes sobre a minha host family)
C: “That’s really nice. How is paying this exchange and how much did you pay for it?”
E: “Me and my mother.  (expliquei todo o processo e os valores e ainda contei o porque eu estou indo sem ele me perguntar enquanto alguém lá dentro estava com meus documentos)”
Em português
C: “Você já tem esse documento? Ele explica melhor sobre seus direitos quando você estiver nos Estados Unidos e tem alguns números para se houver necessidade em usar, leia melhor em casa e não guarde sempre com você.”
Ficamos um pouco em silencio esperando a moça devolver meus documentos para ele para finalizar a entrevista.
C: “Você tem parente que mora nos estados unidos?”
E: “Não.”
C: “Oooook… Parabéns, seu visto foi aprovado e tenha uma ótima viagem.”

logo-overlaySaí de lá me sentindo muito feliz, bem mais calma e quase dando pulos de felicidade e com certeza bem aliviada.

Espero que esse post ajude vocês na hora do visto e tentem manter a calma na hora na entrevista que vai dar tudo certo.
Um beijo e boa sorte.

Emília Santos

Diário de Au Pair: Skype + I HAVE A MATCH!

18 maio

“I HAVE A MATCH!!!!!!!

https://i2.wp.com/coisasdagigi.com/wp-content/uploads/2014/08/celebrating-gif.gif
A melhor frase para se falar em todo o programa de Au Pair. Mas pra chegar até lá sempre rola um sofrimentozinho, bate aquela ansiedade e nervoso.
Meu processo foi bem rápido. Vou contar cada detalhe pra vocês.

Fiquei Online dia 11/02, no mesmo dia uma família da Pensilvânia entrou no meu perfil, mandei o primeiro e-mail e a família ficou 10 dias sem entrar em contato, então decidi retirar eles do meu perfil, no dia 21/02. No outro dia, 22/02 uma família da Flórida entrou no meu perfil, na mesma hora mandou e-mail falando mais sobre eles e querendo fazer skype.
Pensei: COMO ASSIM SKYPE AGORA???? TO NEM PREPARADAAAAAAA!!Mas respondi o e-mail e logo em seguida partimos pro skype na cara e na coragem, sem perguntas prontas, sem saber o que esperar.

O que conversamos no skype?

Quando abri o skype, estavam lá meus hosts juntinhos. Claramente perceptível que a minha host tinha toda uma lista de perguntas para me fazer, enquanto eu não sabia como começar.

Ela me perguntou diversas coisas sobre o porque de eu querer ser au pair, minhas vontades, minha família e o suporte que eles estão me dando, fez perguntas mais voltadas para o cotidiano e possíveis futuras situações que envolvem os filhos dela, etc.
Eu estava sem roteiro NENHUM (muito importante ter um) mas consegui desenvolver bem a conversa, fiz várias outras perguntas que envolvem possíveis acontecimentos e até mesmo emergências, o que devo fazer, etc.

Nossa entrevista foi muito deliciosa, eles me deixam super a vontade, gostei deles de cara, conheci já a casa toda, piscina, cachorro e a kid (LINDA). Conversei com a host kid que é um amorzinho de pessoa.

O skype durou uma hora e uns minutinhos. AMEI!

Pós Skype

Quando terminamos o skype fiquei com a sensação que poderia ter sido melhor, senti o feeling com eles e no fundo estava com medo de não ter sido tão boa e vim outra candidata melhor.
Com 30 minutinhos ou mais minha host mandou um e-mail agradecendo o tempo que dediquei a eles, mostrando links sobre a cidade deles, faculdades e cursos próximos a cidade e com mais perguntinhas só para manter o contato.

E O MATCH?

Ao longo da semana continuamos com troca de e-mail todos os dias, e-mails gigantescos contando sobre o que fizeram, com fotos e me tratando super a au pair da família ❤ no outro final de semana minha host falou que queria fazer um skype porque a kid tinha algo que queria me mostar: O CARTAZ que ela ajudou a fazer:

11167915_921422181248626_8341881761704186157_n 

 Quando vi ela segurando aquele cartaz pedindo para eu ser au pair deles eu fiquei tipo:

https://i2.wp.com/25.media.tumblr.com/193838ec761f2b5de4c937dbcf33f2a8/tumblr_mvmo1nxU491s5v3eio1_500.gif

Achei lindo, fofo, um amor e graças a Deus que são eles! Uma família linda (uma kid de 2 anos e meios e um bebê que vai nascer).

Escolhi eles porque senti O feeling. Com a primeira família não tinha sentido tanta segurança só em ver o perfil como eu tive com eles.

Meninas, NÃO DEIXEM DE PERGUNTAR NADA. As respostas para a dúvida de vocês valem um ano maravilhoso e sem desentendimentos.

Depois volto para contar como foi o meu dia no consulado para tirar o visto.

See ya, girls!

https://p.gr-assets.com/540x540/fit/hostedimages/1417412500/12343632.gif

Intercâmbio: Diário de Au pair!

8 fev

Oi meninas!!!

Estou de volta. Estava bem negligente com o blog, com a fan page e instagram, tanto pessoal quanto o do blog! Mas pretendo acabar com toda essa distância 🙂

Voltei para contar sobre meu intercâmbio que estou prestes a fazer. Tem um tempo que fiz um post sobre o programa de intercâmbio de Au Pair aqui, na época e estava me preparando para a viagem, mas acabou que deu tudo errado e não fui. Mas agora é diferente, Deus está no comando e tudo dando muito certo, até o apoio da minha mãe que tenho 100%! YAY<3

be an au pair

Então, decidi fazer a tag “Diário de Au pair!” para ir contando todo processo, mantendo vocês e o blog atualizado e  tirando dúvidas e até mesmo ajudando outras meninas que se interessem pelo programa no processo delas! Espero muito ajudar e que vocês gostem 🙂

Então, vou começar esse meu “diário” contando sobre o meu processo e como estou evoluindo.

Como comecei falando que tinha dado errado a minha primeira tentativa da viagem, adiei esse sonho e entreguei nas mãos de Deus para que eu pudesse ir quando fosse a hora certa. No momento que eu estava mais despreocupa em relação quando iria fazer o intercâmbio, recebi um email da agência que eu tinha cadastro, a Cultural Care Au Pair, falando sobre uma promoção MA-RA-VI-LHO-SA, onde eu teria 50% de desconto em cima do valor do programa. Fiquei louca e na hora liguei para elas. Fui super bem tratada como de costume, tiraram todas as minhas dúvidas e já marquei na hora a data da minha entrevista de inglês, feita no dia 29/01, já fui logo sendo aprovada (tenho um nível bom de inglês), o valor da entrevista foi R$40,00, após ser aprovada fui recebendo todas as orientações e documentações que eu precisava entregar em até 2 semanas e o boleto para ficar online, e o link para responder meu application, ele é feito todo em inglês e enorme! haha tirei de letra e respondi ele em dois dias 🙂

Fiz tudo certinho, paguei e entreguei a papelada toda no prazo, a agência ligou para as minhas referencias e finalmente FIQUEI ONLINE, no dia 06/02.

Ficar online quer dizer ficar disponível para contato com as host families.

Agora estou na ansiedade das famílias entrarem no meu application e achar a família perfeita para mim ❤
Torçam por mim 😀

Volto em breve com mais informações YAY

Beijos da Emília 🙂

AU PAIR: Mãe, vou fazer interâmbio!

10 set

USA

Para quem acompanha o blog ou já deu uma rápida lida por aqui, sabe que eu já fiz um intercâmbio, mas foi bem curtinho, não chegou a um mês, eu fui para Buenos Aires estudar espanhol que não tinha a menor noção, mas agora eu decidi fazer algo mais grandioso na minha humilde vida, um intercâmbio para as terras do Tio Sam com a duração mínima de 1 anos YAAAY

Mas sabe como é né? Vida de estudante universitária não dá pra gastar muito dinheiro com muita coisa, então, escolhi um programa bem mais barato e “diferente” de intercâmbio, o programa de Au Pair.

Já sei que muitas de vocês devem estar se perguntando como funciona esse programa. Esse programa é feito para meninas, em algumas agências os meninos são aceitos também, com idades entre 18 e 26 anos, não fumantes, solteiras e que não tenham, ter CNH, formadas o ensino médio e/ou estudante universitária, sem antecedentes criminais. Esse são os requisitos básicos.

O programa funciona da seguinte maneira: A Au Pair irá morar em casa de família (host family) com acomodações e refeições free e você ficará sobre total responsabilidade das crianças no período em que os pais estiverem no trabalho, responsabilidade como dar comida, banho, levar e buscar no colégio e brincar muito com elas Esse programa só é indicado para quem é realmente apaixonada por crianças.
A sua host family pagará até 600 dólares de algum curso em qualquer universidade americana.
Os custos e benefícios AQUI, afinal, são MUUUUITOS!

A escolha da minha agência foi bem “complicadinha”, fiquei na dúvida, procurei vááááááááárias referencias de cada uma, conversei com as meninas que já foram e ainda estão nos Estados Unidos e o que elas acharam as agências e conversei com a minha professora de inglês que SUPER me apoiou(beijo Ana Helena) o// e me ajudou bastante na hora mais complicada de todo o processo, a aceitação da mãe. Mas enfim, depois de vários dias e dias procurando sobre as agências, decidi ficar com a Cultural Care Au Pair, mas existem outras várias bastante confiáveis como a Au Pair in America, Expert Au Pair, InterExchange, Au Pair Care… entre outras, mas essas foram as que eu procurei bastante.
au pair1

Depois da escolha da agência, passei por um processo do temido TESTE DE INGLÊS, que modesta parte, me saí até bem ❤
Primeiro eu tive que pagar a prova, marquei o dia, fui até uma das sede que a Cultural Care dá assistência, fiz um teste pessoal em português e depois o teste via skype em inglês, após a aprovação a agência me enviou um perfil chamado “APPLICATION” nele eu vou relatar sobre a minha vida pessoal, hobbies, trabalhos, minhas experiências com crianças comprovadas, fotos e TUDO em inglês (que ainda estou preenchendo). Depois de toda a documentação prontinha e enviada de volta para a agência, eles me deixam ONLINE, que quer dizer que estarei disponível para uma família linda americana me encontrar e querer que eu vá morar com eles.

(Assim que eu terminar meu application e parti para o próximo passo conto mais)

AAAH! para esse programa é mais aconselhável ter um inglês intermediário para conseguir manter um bom contato com a host family e com as kids. E para as interessadas ou interessados, procurem melhor sobre a agência e uma BOA VIAGEM!

Eu vou deixar aqui uns links de blogs de Au Pairs que eu conheço e/ou acompanho sempre para ficar me informando, no caso de dúvidas:

AU PAIR NEURÓTICA
O BLOG DAS 30 AU PAIRS
AU PAIR IS…

Beijos da Emília 🙂

Viagem e intercâmbio: BUENOS AIRES.

30 abr

E aí, já pensou em sair do país por um tempinho e conhecer uma nova cultura, culinária e pessoas? Aprender outra língua? E se essa nova língua fosse o espanhol porteño? Já pensou se as novas pessoas fossem de vários países diferentes? E se essa nova cultura e culinária fosse argentina, mais precisamente na capital, Buenos Aires?

Quem nunca sentiu vontade de sair do Brasil, conhecer novos ares, aprender/falar melhor outras línguas, né? Pelo menos eu sempre fui louca pra fazer um intercâmbio e quando tive oportunidade fui com tudo \o/
Escolhi a Buenos Aires não por primeira opção da minha wishlist de cidades e países para conhecer, mas era o que dava pra pagar naquele momento, então, partiu pra terra dos hermanos.

165263_526637420727106_2134514849_n

Vai aí umas dicas básicas para entrar no país, se manter, comer bem, sair pra dançar e lógico, aprender melhor o espanhol:

Para entrar na Argentina não há quase burocracia, você não precisa ter passaporte, apenas basta apresentar sua identidade original com foto mais recente possível, mas se quiser um carimbo a mais no passaporte, ele tem que ter sido emitido em menos de 10 anos. Como turistas, os brasileiros podem ficar no país por até 90 dias (3 meses), podendo renovar o visto.

Qual seria a melhor época de visitar Buenos Aires?

Qualquer época, Buenos Aires é linda, aconchegante no inverno e bem caliente no verão, como a Argentina fica bem pertinho da gente, as temperaturas são pouco parecidas com as do sul do Brasil, no verão chega a 30 graus e no inverno eu já peguei até -1 graus. A temperatura média fica em cerca de 23 graus.

Onde estudar?

A escola de espanhol para estrangeiros onde eu estudei é a Expanish, fica localizada no bairro de San Nicolás, no endereço Tte Gral Juan D Perón, 698.

A escola é linda, muito bem organizada, e nela conheci várias pessoas de outros estados do Brasil até pessoas de outros países (Franca, Austrália, China e U.S.A) Além de te proporcionar aulas de espanhol, eles oferecem aulas de tango e tour pela cidade.
expanish-buenos-aires 179964_401612739896242_360112682_n

Onde se hospedar?

Em algumas escolas para estrangeiros eles oferecem o hostel ou apartamento conjugado no pacote das aulas, vai depender de você, em outros casos você pode escolher o melhor hostel para ficar.

O Hostel Suites Florida que fica localizado na Calle Florida (Rua Florida), que é bastante conhecida por ser uma rua turística com várias lojas.
Foi justamente onde fiquei hospedada durante o período do meu intercâmbio. O hostel oferece vários programinhas para fazer durante a semana e nos finais de semana, como Pub Crawl (que é uma balada em vários bares e por fim uma boate muito top), passeios e tour pela cidade.

Essa rede de Hostel fica espalhada por toda Buenos Aires que você pode conhecer pelo através do site http://www.hostelsuitesflorida.com/po/

O transfer do aeroporto-hostel é free (bom né? Economiza dinheirinho do táxi pra balada)

Buenos Aires - ARGBuenos Aires - ARG1

Se preferir ficar em apartamento com uma galera ou sozinha (o) os preços variam de bairros, mas em média os preços dos alugueis ficam em torno de 2 mil pesos argentinos que em real dá mais ou menos 1.300, 1.400 reais por mês.

Por onde passear?

A cidade é riquíssima de pontos turísticos e por dia dá pra conhecer mais de um ou dois desses pontos, outros tem que pegar metro, busão ou táxi, aí vai depender da sua preferência.
Os pontos mais conhecidos são a Casa Rosada onde é aberta a visitação, Obelisco, Jardim Japonês, Zoológico de Lujan, Puerto Madero, o Cemitério Recoleta, os parques de Palermo, Caminito, os estágio La Bononeira, entre outros..

Obelisco:large

Caminito, La Bobonera:  RAAAAL6N_EG4TSviVRH2jlCw82tBSMahaHqqARu_8qDJ-5kPn0pcO56zwZNw3C7uAlggFZqKJWc2cqG-3c2AaacqbTRPpkpZcxvIL7TCOyk5pRL-AJtU9VARPDq91sPljPERFDycWotHmFtQuARAAAAL6N_EG4TSviVRH2jlCw82upQZdj3K0WnoFsmV7CYW5LrjN4tsKd47ZW9PqawR8O-IGeDFnWzFWTo-0af2xaDN7Q4wXzyov8OU7pGBUuQXWqAJtU9VAvm65vSWPq7sx1LkjIoCWoBV6btQ RAAAAL6N_EG4TSviVRH2jlCw82tTJZG1jmwHFef_I3Ez-GjtZDFTD8abELmKytJHsWD7lClt9KYsbHnyakHQYtXqLGyaNE_-2tpl-SLjVgOtWQWWAJtU9VDzg7oo3N_L3-mc7UsTxokXcvR69g405921_526640687393446_689395966_n

Puerto Madero: ponte 946520_526637907393724_704974893_n

 Faculdade de Direito, Flor de Metal e Recoleta: 48066_526640804060101_1225906659_n 163591_526640227393492_119957520_n 941587_526640244060157_1002475996_n Cópia de RAAAAL6N_EG4TSviVRH2jlCw82s6PhLIxoH2UVDPBAGCCe_uNXMNlUSAV4A7NZItYReOGM5bVXa5e6YFuK6Qbqnydpc3Kxx_PRww3cwa33NBb43eAJtU9VAhxeiWK5e34tldaMOj03Mb8KTpEg RAAAAL6N_EG4TSviVRH2jlCw82tul4WuzjfQTZteEk4fiwZYD3dIjB6kwESnhGx38rHUD-aKDjsVXkyT-bYASFL-6_vzNUiDQ3o_fZMBP7FN_bzeAJtU9VDs2Q9hSBulvHSlSZWUv2Vhw0pfcA168858_526641804060001_1819634425_nCópia de RAAAAL6N_EG4TSviVRH2jlCw82uHIn3V9d-7XeayCEUVGmaPkni_s7kA2MoAtuyksVXqHJCAs-SLiGdIlRzMhF_eku0RtdKTylBg_0curm3Aqp7UAJtU9VCqD07wOttKUtNh6Op2LVdqtc71xQ

Planetário:

483913_472116136190011_710279042_n_large

Jardim Japonês:

284325_526640744060107_1614535346_n935084_526640757393439_330257018_n RAAAAL6N_EG4TSviVRH2jlCw82twrnd3DeorHTjktIntEuDxC4WBfFM9fYS6LE_GCNmtcLrPwj-iEuGbQU3VPVTvnrhGcttQhWT79LkAjeCz_h8TAJtU9VBXgH94IHqlONVzghnAtD5i8ac78Q RAAAAL6N_EG4TSviVRH2jlCw82vOlmrv7zRniLDveTRQWKxK-BdRKym1HtaMrv_BZeCL9h4aj9YLGinwj_4R2tIMn9MliFbg6hZekeCTjIHn2Su4AJtU9VBqf-kBPOXMdjFb3cvkP_FHW4lKBg

Casa Rosada:
944432_526637480727100_243429954_n 941679_526637350727113_2059870741_n

Onde comer?
O que não falta em Bs. As. são cafés, bares e bons restaurantes, durante o período que passei na cidade, praticamente todo dia eu comia em um restaurante diferente, de pizzaria, cafés a Mc Donalds. Ou seja, morrer de fome por falta de opção é uma coisa que não vai acontecer mesmo.
La Casona: Restaurante família com comida boa e saí tudo rapidinho, vários tipos de massas.
Pizzaria Romário: Uma das pizzas e empanadas mais conhecidas na cidade, com os sabores mais variados e deliciosos, a que eu visitei foi em Palermo.
Miranda: É uma parrilla. Ir em Buenos Aires e não comer uma bela picanha argentina e fritas não é ir em Buenos Aires, lá é bem badalado, tanto no almoço como no jantar, aliás, a noite BOMBA, com direito a filas e tudo mais.
Havana: As lojas da havana estão espalhadas por toda a cidade, onde você pode provar do mais deliciosos cafés e doces argentinos, como os alfajors de Dulce Del leche e chocolate ❤
Starbucks: O café mais conhecido do mundo também tá presente em casa esquina haha, é bem salgadinhos os preços dos cafés e comidinhas, mas vale bem apena, tudo de lá é bem gostoso!
Hard Rock Café: Ambiente que preserva o rock, com exposições de roupas, vidrais e objetos dos ícones do rock mundial, música boa de ouvir com um excelente cardápio.

310060_526640344060147_483855648_n 316371_526640260726822_137870068_n 168246_526640364060145_596283643_n

Onde comprar?
Ninguém é de ferro, né? Fazer uma viagem ou um intercâmbio para fora do país e não trazer nem uma lembrancinha pros amigos e família e até mesmo pra gente é sacanagem, hein?
Os preços em Buenos Aires variam durante as épocas do ano (segundo o que me falaram enquanto eu estava por lá, se for mentira não é minha) no verão os preços das roupas ficam mais baratas e no inverno sobem um pouco, basicamente os preços de sapatos, perfumes e roupas de lá são bem parecidos com os preços do Brasil.
Loja Falabella: Há lojas de roupas e de materiais para casa e comida, tudo é bem incrível, peças criativas e super fofas.Outlets: São as lojinhas de marcas conhecidas universalmente como Puma, Adidas, Polo, entre outras… Mas cuidado com as outlets falsas, que por sinal tem várias, dizem serem outlets e cobram um preçinho bem salgado pelas peças. Umas boas lojas outlets ficam na Avenida Códoba.
Em galerias como a Pacífico você encontra perfumes, maquiagens e roupas por preços bem bacanas também.
Dá pra economizar bem comprando no Free shop do aeroporto.
Mercado de San Telmo: É um mercado ao ar livre onde você encontra os mais variados tipos de mercadoria, de artigo vintage, roupas, comidas a souvenir. Nesse mercado há uma praçinha em homenagem a Malfada, um dos símbolos da cidade.

Além de comprar, dá pra conhecer música boa e a mafaldinha.

393167_526640710726777_801064374_n 480648_526637667393748_1551215748_n

Vários tipos de artigos:

935236_526640517393463_547937245_n 942502_526640497393465_1241764205_n RAAAAL6N_EG4TSviVRH2jlCw82sX50tkP7nkVnFVsRrbek0dKo06LSQuKFzFEaw_h8tMEp1wrmyALfbXvTMNHDeXO0Zn509-jdMTNNrtgzEg0he2AJtU9VAVveTE66smOyIUaRAub0excQrVfA

Câmeras vintage <33 168279_526640540726794_1087252167_n

Rua próxima ao Obelisco:
310079_526642027393312_1692715243_n

Baladas!!!!!!!!
Buenos Aires é repleta de boas baladas, tanto em pubs quanto em barzinhos. A noitada na capital portenha começa bem tarde, por volta das duas da manhã.
Asia de Cuba: Uma das pubs mais tops que fui, fica em Puerto Madera a beira do rio, climatizada, a entrada custa 150 pesos para mulher e 180 pesos para homens. (70 reais M e 90 H)
Pub Crawl: É uma balada com open bar de cerveja e pizza nas concentrações e depois te leva a vários bares com direito a shot e por fim pra uma pub muito incrível pra terminar a noite.58124_526640457393469_1085386378_n
Fusion Bar: é um barzinho que fica no subterrâneo do hostel suítes florida, freqüentado por uma galera gringa e portenhos, climatizado.fusion
E para quem preferir os tangos, há vários restaurantes com apresentações de danças de tango.

CUIDADO NAS ROUBADAS!!!!!
Buenos Aires por ser uma capital que recebe altos turistas o ano inteiro tem um índice de assaltos bem altinhos, por sinal, mas e só ter cuidado por onde anda.
Em restaurantes e bares, nunca deixe bolsas penduradas nas cadeiras, para evitar furtos, sempre deixe-as no colo. Nas ruas não falar muito alto, já que alguns trombadinhas percebam que são turistas e tentem puxar a bolsa e dá no pé. Sempre deixar o passaporte ou RG no hostel/hotel/apartamento e andar com a cópia do RG. Cuidado nos taxistas malandrinhos, só peguem táxi que tiver registro da empresa da rádio táxi, pois os taxistas que não tem o registro no carro sempre se aproveitam dos turistas que não conhecem o percurso e cobram um preço mais carro pela corrida. E cuidado com as notas falsas, o mais recomendado é trocar o dinheiro em casa de câmbio autorizada.

943183_526640774060104_943271068_n603780_526637437393771_950628525_n

Esse post só foi um pouco do que Buenos Aires tem para mostrar, então fiz só um resuminho de onde eu fui e vivi, espero que tenha gostado. Se decidirem ir conhecer essa cidade linda, com certeza vocês não irão se arrepender.

Beijos da Emília.